segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Impulsividade


Impulse a minha vontade que pulsa
Para onde e até você aguentar
Depois deixe-me livre
Porque não agora, se a vida só está a passar?
Meus pulmões sopram:
Imediatismo
Cada parte do meu corpo deseja viver.
Consequências
Que sejam melhores do que o arrependimento, de uma alma intensa, que só está a crescer.

Porque negar a si mesmo? Afinal,
"Faz o que tu queres, há de ser tudo da lei."

Se conhecer, faz parte de buscar a si!
Se nega ao pecado, ou a você mesmo?
Afinal, "pecado é não viver a vida."
Somos todos im(pulsos).

Bast

Nenhum comentário: