terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Umbra






Quando o vento do norte soprar
E as sombras da alma invadir todo o ser
Abra as portas do espírito e escute o que ela tem a dizer
Não brigue com suas fraquezas, com seus defeitos, com o seu ego
Não finja ver o que não quer ser
Não se distraia para ocultar sua insegurança
Não se esconda do espelho
Tire sua máscara
Encare a si mesmo
Veja seus preconceitos
Suas limitações
Suas fragilidades
Sua sexualidade
Seja apenas um
Não há um lado bom
Não já um lado ruim
Há uma alma
Nua


Sinta
Se perca
Arrisque
Se aceite
Quebre as amarras que te limitam

Magia também é autoconhecimento
Autoaceitação
Permita-se errar
Permita-se ser
Permita-se

Marcela Campos
Bast









quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Poesia à Hekate

 

Aos inícios


Deusa das encruzilhadas
Tão honrada
Protetora das bruxas, mulheres sabidas e as sacerdotisas
Deusa antiga, tão poderosa
Que no dia e na noite se encontra
Hekate, Deusa misteriosa
Só de pensar em ti, sinto o seu poder
Pouco sei de ti, mas a ti quero conhecer
 Deusa, que conhece os mistérios além da vida
Sobre sua história quero descobrir
Hekate, que és a Deusa dos caminhos
Seu caminho quero seguir,
Mostre-me seus segredos
Faça todas as máscaras caírem.











Bast


domingo, 20 de novembro de 2016

Série - Os Deuses e o Pentáculo. Parte I Terra - A força








Terra - A força
Ar - A voz
Fogo - A transformação
Água - A fluidez
Éter - A sabedoria

O contato com os elementos é o contato direto com os Deuses.
Entender a energia de cada elemento nos ajuda a entender os Deuses.

Começando do início! Uma explicação inicial.

Série - Os Deuses e o Pentáculo.  Parte I  Terra - A força









A terra é a força que nos move, que nos dá vida e energia vital. É o parto que deu a luz as nossas ancestrais na floresta, são as árvores mães, é a consciência da vida, dos ciclos, da força e do renascimento. Com o elemento terra os Deuses ensinam que para receber é preciso doar, para uma planta nascer é necessário a semente, para chover é necessário o Sol, para a primavera é necessário a morte da natureza no outono. Não é só algo em troca, é a continuação de uma ação, os ciclos são assim, os Deuses são assim, a terra é assim. Para a evolução é preciso a destruição e o caos, é daí que  nasce tudo que existe, deixa de ser assustador quando percebermos que todas as coisas são assim, para que a energia  não fique parada e estagnada, e para que os ciclos aconteçam. A natureza é uma fonte infinita de vida e sabedoria. É  de onde vem todas as coisas. A terra é onde tudo acontece, é o solo firme onde todas as coisas nascem, crescem e morrem. É a sabedoria adquirida com sacrifício e experiência.
Tamanha complexidade, mas que vivemos todos os dias. Quando entramos em sintonia com a terra, somos acrescentados em autoconhecimento e sabedoria, porque, nosso ego e pensamentos mundanos são substituídos por conexão com todas as formas de vida que a terra se manifesta, nos fazendo voltar as nossas raízes em segundos. A energia da terra nos faz reviver todas as vidas que já vivemos, e ter contato com nossa ancestralidade. Por isso a sensação de purificação e revitalização quando estamos entre montanhas, árvores, e a vida na terra. Por isso a natureza é chamada de mãe, é uma viagem no tempo com nosso eu, no ventre de nossa mãe, Mãe Terra. Por isso recomendo a todos, principalmente a quem busca pela bruxaria/magia, o contato com a terra!



                              (fotos: Kaique Thomaz                 Modelo: Thamires Moraes)






terça-feira, 15 de novembro de 2016

Tarot

"O tarô é de fato uma máquina filosófica, que evita que a mente divague mantendo, ao mesmo tempo, toda a sua iniciativa e liberdade. São as matemáticas aplicadas ao absoluto. São as alianças do positivo e do ideal. É uma loteria de pensamentos tão exata quanto os números.
Talvez estejamos diante da maior e mais simples criação do gênio humano em todos os tempos. Alguém, preso numa cela, sem outros livros senão o tarô, pode, em poucos anos - se souber como usa-lo - adquirir todo o conhecimento universal e ser capaz de falar sobre qualquer tema com inigualável precisão e eloquência."

-Eliphas Levi

O tarot é um oráculo, um instrumento mágico simbólico, é um método divinatório, de aconselhamento, terapêutico, e autoconhecimento, mostra as possibilidades para onde as atitudes atuais estão caminhando, se tudo continuar como está, e nos ajuda a compreender questões emocionais, reencarnatórias, interiores. O tarot contém possibilidades infinitas.

Através das minhas experiências, passei a ver o tarot como um instrumento mágico consciente, por sua egrégora e energia tão poderosa e forte.

O tarot faz parte da minha vida diária, dos meus estudos, das minhas práticas, me ajuda nas minhas escolhas, nos caminhos que se aproximam e em meu autoconhecimento.

Já faz algum tempo que faço leituras para amigos e algumas pessoas da minha família. Mas de um tempo pra cá, muitas pessoas de fora tem me pedido pra fazer as leituras, e eu amo porque aprendo mais e mais! Mas o desgaste energético e de tempo tem me deixado cansada e desmotivada.

Foi quando decidi cobrar um valor simbólico para acontecer uma troca de energia e ajuda para os meus estudos e prática mágica.

Então venho disponibilizar minhas leituras por um preço super acessível para vocês do Caminho das Bruxas, quem se interessar entre em contato comigo através do e-mail ou facebook para agendarmos um horário.

O valor cobrado é R$30,00 que será depositado em uma conta.
As consultas serão realizadas via whatsapp.(áudios)

caminhodasbruxas@gmail.com
https://www.facebook.com/caminhodasbruxas/?fref=ts



segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Eu sou bruxa








Eu sou bruxa
filha da Terra
conhecedora das sombras
entre luz e escuridão
conheço meu sagrado
me perco na visão
conheço meu poder ancestral
e vou conhecer
vida após vida
a bruxa
de cada vida
que eu vou viver.





Marcela Campos
Bast

terça-feira, 27 de setembro de 2016

O caminho das Bruxas








Ultimamente, ao pensar em bruxaria, só consigo defini-la como um estado de espírito. Não faz sentido todas as vezes que eu penso isso, mas, quando acesso meu inconsciente, encontro as respostas que busco com essa definição, faz todo o sentido. Não fiz esse blog pra ensinar bruxaria, nem pra mostrar qual caminho é o real. Não há um caminho real. Não há uma definição. Não há uma única verdade. Não tenho uma sabedoria divina ou algo de especial.  Minha intenção é inspirar as pessoas que desejam seguir esse caminho.Tenho aprendido e vivenciado muitas coisas, e, aprender sobre mim, está sendo uma coisa fantástica. Parece tão clichê falar sobre autoconhecimento, mas, vivenciar autoconhecimento, permite uma nova consciência. Gostaria que todos acessassem essa consciência. Meus devaneios, insights e a vida me ensinou a confiar na minha intuição e, ela sempre me trás coisas que, algo me diz que devo compartilhar com as pessoas que também buscam algo mais da vida além do material. Não tenho um diferencial, é só eu, minha intuição, experiências e palavras. A bruxaria me fez conhecer minhas sombras, coisas que eu não gostaria de ser e coisas que eu queria que crescessem. No passar do tempo estou descobrindo como trabalhar com minhas sombras, me desconstrui e reconstrui diversas vezes, mas não a última. Fui entendendo que as coisas além do nosso entendimento são mais próximas do que parecem. E a única certeza que eu descobrir ter, é que quero ser eterna aprendiz na bruxaria. Ela, tem se tornado algo natural de mim, é quem eu sou. As encruzilhadas e mistérios do caminho, me faz querer me aprofundar mais e mais. Não é intenção falar da minha vida pessoal aqui, mas sim, compartilhar essas coisas que martelam em minha cabeça pra serem compartilhadas e arquivadas. Como eu disse antes, estou sempre em desconstrução e reconstrução, tenho muitas opiniões em formação e outras provavelmente vão mudar daqui um tempo, que fique aqui registrada minha evolução.







Das encruzilhadas

O que importa não são instrumentos, dons, caminhos...
O grande objetivo é encontrar as respostas que tanto buscamos. É conhecer a nós mesmos e aprender a nos curar. É encontrar o que realmente gostamos de fazer, sem obrigação.
É entender nossas bênçãos e nossas maldições.

Bast

Me disponibilizo para contato, seja uma ajuda, uma ideia, uma crítica.
caminhodasbruxas@gmail.com

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Série para iniciantes na magia II








Entendendo que magia não é brincadeira, e sim uma coisa séria, perigosa também para quem pratica, pois para alcançá-la, é necessário - estudo, prática e autoconhecimento, que lhe coloca de frente com suas próprias sombras, seus medos e inseguranças, para alcançar a sabedoria e sua força interior.-
Aqui vão dicas para quem já iniciou suas práticas, mas está no início do caminho. 





-Busque estar sempre perto da natureza - e observar suas manifestações, no céu, na terra, na Lua, no Sol, observe suas mudanças, tente entender a essência dos quatro elementos. Sinta a mudança da sua energia ao contato com a natureza e com os elementos.
-Deixe a intuição fluir - se um Deus te chamou atenção, estude-o, se foi uma erva, um cristal, uma prática específica, busque por aquilo.
-Teste correspondências -  Uma coisa que funciona para uma pessoa, não funciona para outra. Nada funciona igual para todo mundo. Seja ervas banhos, cristais, chás, práticas específicas... Explore tudo que está em seu alcance para seu uso, descubra o que funciona com você, explore as energias, as estações, os lugares.
- Descubra sua energia - Tudo é energia, descubra a sua! Descubra o que te atrai e flui com você, o que ajudará em sua intuição e em sua evolução dentro da magia. Seja tarot, ervas, runas, algum elemento... Busque algo que tenha afinidade e aprimore-se. 

Feitiços


 


-Nos primeiros feitiços, lembre-se: Seja atrair algo, banir, curar, proteger -> A visualização do desejo no feitiço faz uma diferença enorme. É como dar forma ao que deseja, é potencializar e materializar o que está enviando ao universo, em nosso plano para que seja concretizado. Visualizar é imaginar seu desejo realizado na sua cabeça durante o feitio do feitiço. Concentre-se e visualize.
-Limpeza no ambiente e em objetos antes de práticas e feitiços - A limpeza no ambiente antes de fazer uma magia é como limpar o ambiente e deixá-lo neutro energeticamente para que a energia que você irá produzir, flua e se manifeste livremente sem interferência, por isso é tão importante para que o feitiço dê certo. Em uso de velas é a mesma coisa, para que a energia flua no feitiço, a vela é untada, ou seja vestida com algum óleo ou outra coisa para que seja purificada de qualquer energia deixada nela antes de tê-la adquirido e ainda com algo que se complemente com o feitiço.
-SEMPRE especifique EXATAMENTE o que deseja obter com o feitiço. 
-Sempre agradeça pelo que tem e pelas portas que se abrem para você, para então pedir algo. A prática da gratidão eleva o espírito. Peça aos Deuses e aos seus guardiões (todos nós temos guardiões)para que coloque em seu caminho maneiras para aprender mais sobre a magia, sobre você mesmo e aguarde, sempre buscando evoluir! 




Espero que tenham gostado!
Bast

 

Série para iniciantes na magia I:  http://ocaminhodasbruxas.blogspot.com.br/2016/09/post-dedicados-aos-iniciantes-na-arte-o.html

Texto original do blog Caminho das Bruxas.



sábado, 10 de setembro de 2016

Você atrai o que transmite









Não escolhemos o que sentimos, mas quando estiver atropelado de problemas, dúvidas e frustrações, pare seus afazeres por um instante e pense em tudo que já conquistou com seu esforço e sinta gratidão por isso.
Tente pensar no que deseja e não no que lhe preocupa.
Busque conhecer a si mesmo e perceber como reage e se comporta em cada situação.
Mudar o que deseja em si mesmo é uma questão de se observar, de autoconhecimento.
Sugestão de prática: Atraindo o que deseja
-Em uma caixinha de madeira, pote ou recipiente anote em pequenos pedaços de papel, coisas que deseja atrair pra sua vida. Uma palavra por vez, palavras como: autoconhecimento, proteção, prosperidade, amor, saúde, sabedoria, equilíbrio, alegria.
-Coloque a caixinha no seu altar ou em um lugar que poderá ser visto com facilidade.
-Tenha em mente que toda vez que olhar para o recipiente lembrará das palavras que escreveu, atraindo ambas.
-Queime os papeis na Lua cheia ou as enterre quando sentir necessário, agradecendo. Se quiser, repita.
Simples não?


Bast







Série para iniciantes na magia I





O início no caminho mágico não é fácil para a maioria das pessoas e inclusive não foi para mim, tantas dúvidas e poucas pessoas dispostas a ajudar, porém graças aos Deuses isto está mudando. Eu sei como é esclarecedor ter pessoas com experiência para explicar melhor tantas dúvidas, onde a internet e livros nem sempre dão a resposta. Sei como é o medo e a insegurança de começar a prática. São tantas informações e matérias para aprender, que nos sentimos perdidos. E até depois de começar, tantas práticas meditativas e ritualísticas que parecem nunca dar a resposta. Aquele contato com um Deus ou uma Deusa que parece que está fazendo ritual para a parede, pois não há sinais aparente no início (para uma grande parte das pessoas), mas depois, tudo começa a fluir melhor, com muita dedicação e paciência. Eu venho aqui dizer para não desistirem, pois cada oração e ritual que é feito para uma determinada divindade, é recebida. E você, só irá perceber, ao tempo dos Deuses, ao seu merecimento e a sua vontade de evoluir. Pesquisem e comecem a praticar com cautela e sem medo. Uma vez um amigo meu me disse para eu pedir ajuda aos Deuses, para eles colocarem, pessoas certas, informações certas em meu caminho, se essa realmente era a minha vontade, façam isso, pesquisem e se dediquem a prática e ao estudo e notem o que vai acontecer.

Bast




Boas vindas




Olá pessoas, criei esse blog para compartilhar minhas experiências e aprendizados no caminho da bruxaria. Aqui será um lugar de troca de energias, experiências e sabedoria. Sejam todos bem-vindos.

As pessoas que tenham sido iniciadas em bruxaria, e que tenham realmente aceitado a Antiga Religião e os Deuses Antigos em seus corações, voltarão a ela ou se sentirão atraídas por ela vida após vida, embora possam não estar conscientes de sua prévia associação com a bruxaria. 

Gerald Gardner

Bast